• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Artigo

CUT-PE prestigia festividade do Dia Nacional do Trabalhador Gráfico

Publicado: 10 Fevereiro, 2012 - 00h00

O mundo sindical é a pura essência entre a disputa do trabalho versus o capital. Dessa forma, a intervenção do sindicato é fundamental para promover a consciência de luta de classe por melhores condições de trabalho e social.

Neste quesito, o presidente da Central Unica dos Trabalhadores em Pernambuco (CUT-PE), Sergio Goiana, presente nas comemorações do Dia Nacional dos Gráficos, no SESI do Ibura, na terça-feira (7), destacou o papel relevante do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas do Estado (Sindgraf-PE) e da categoria que sempre se mobilizam em busca dos seus direitos.

 

“Sei da participação de todas as categorias na luta sindical, mas os trabalhadores gráficos sempre dão um pouco a mais”, diz, ressaltando o compromisso do Sindgraf-PE. Goiana aproveitou para parabenizar a nova política de comunicação do sindicato, que, segundo suas palavras, melhorou em 100%. Também evidenciou a combativa campanha salarial 2011/2012 dos gráficos. “Apesar da crise econômica mundial, o Brasil está em desenvolvimento, com destaque para Pernambuco. Dessa forma, o trabalhador só vai para o extremo, se o patrão se recusa a negociar”, diz. Ele lembra que foi exatamente o que os gráficos fizeram, fechando os principais jornais do estado.

 

“Sindicato é para lutar, mas também é para se confraternizar”, diz Goiana. O dirigente cutista ressaltou a importância da realização da tradicional festividade do dia 7 de fevereiro, sobretudo, no século XXI, que é considerado o século do estresse. Sendo assim, ele conta que a promoção de momentos de confraternização dos trabalhadores, inclusive, com a participação da família, é indispensável. “Vivemos no mundo em que o individualismo cada vez mais é potencializado, porém, ninguém vive sozinho. A convivência social é fundamental”, conta. 

 Fonte: Sindgraf-PE