• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Adicionais de insalubridade e periculosidade podem ser suspensos

Cerca de 2 mil pessoas de Pernambuco podem ser afetadas pela medida

Publicado: 15 Janeiro, 2019 - 13h00

Escrito por: Redação Brasil de Fato | Recife (PE),

EBC
notice

No fim de 2018 o Ministério da Saúde encaminhou às unidades gestoras o Memorando-Circular nº 24, informando sobre a suspensão do pagamento dos adicionais ocupacionais, como insalubridade e periculosidade, a partir da folha de janeiro, caso os servidores que recebem o benefício não apresentem laudos atualizados.

Só em Pernambuco, a decisão deve prejudicar cerca de 2 mil pessoas. Por isso, o Sindsep-PE está entrando com uma ação para que os descontos não ocorram. A expectativa é que a ação seja exitosa, já que os laudos são uma obrigação do próprio Ministério da Saúde

carregando
carregando