• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT participa de protesto em defesa da Justiça do Trabalho no Recife

No Recife, a mobilização foi realizada no Fórum Trabalhista no bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife.

Publicado: 22 Janeiro, 2019 - 12h49 | Última modificação: 22 Janeiro, 2019 - 12h56

Escrito por: Assessoria de Imprensa da CUT-PE

Divulgação
notice

Advogados trabalhistas de todos os estados realizam ato público nesta segunda-feira (21/1), na porta da Justiça do Trabalho. Entre as cidades: Distrito Federal (DF), Cuiabá (MT), Campo Grande (MTS), Goiânia (GO), Teresina (PI), Aracaju (SE), Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Natal (RN), Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e Florianópolis, entre outras.

No Recife, a mobilização foi realizada no Fórum Trabalhista no bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. O objetivo do ato organizado pela Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas é alertar a sociedade sobre os riscos da extinção do órgão.

O presidente da CUT-PE e deputado federal eleito, Carlos Veras, participou  do ato em defesa da Justiça do Trabalho, sob ameaça de extinção imposta pelo governo Bolsonaro.  Segundo ele, a Justiça do Trabalho é  de fundamental importância para a relação de trabalho e equilíbrio entre patrões e  trabalhadores (as). A proposta de extinção representa um grande retrocesso para a sociedade, uma vez que a classe trabalhadora será prejudicada com a possibilidade da perda de direitos e conquistas históricas

Os profissionais da área do direito do trabalho defendem o não fechamento da Justiça do Trabalho, citado pelo presidente eleito em entrevista a canal de TV, em 3 de janeiro. O presidente falou a respeito da possibilidade de o governo propor a extinção da Justiça do Trabalho.

carregando
carregando