• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nova diretoria Sindmetal-PE toma posse em grande estilo

O evento, em grande estilo, aconteceu no restaurante Sal e Brasa. no Recife, e contou com a presença de lideranças da categoria, representando 40 mil metalúrgicos no Estado, e respeitou os protocolos sanitários

Publicado: 12 Agosto, 2021 - 10h17 | Última modificação: 12 Agosto, 2021 - 10h25

Escrito por: Comunicaçao do Sindmetal-PE

notice

A nova diretoria que estará à frente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) de 2021 a 2025, tomou posse em uma cerimônia solene, na noite da última terça-feira (10/08). O evento, em grande estilo, aconteceu no restaurante Sal e Brasa localizado no Ibura, Recife, e contou com a presença de lideranças da categoria, representando 40 mil metalúrgicos no Estado, e respeitou todas as normas de segurança e prevenção ao coronavírus (Covid-19), exigidas pelo Ministério da Saúde.

Na composição da mesa de cerimônia, tivemos a presença do presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes; presidente da CUT-PE, Paulo Rocha; deputado estadual João Paulo;o novo secretário-geral do sindicato, Abinadabe Santos, o diretor da CUT, Hélcio Alfredo; o assessor jurídico do processo eleitoral do sindicato, Arthur Weinberg; a representante do mandato do deputado federal Carlos Veras, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Maria Auxiliadora e o coordenador estadual e nacional da corrente articulação de esquerda, Mucio Magalhães. Também esteve presente de forma virtual: o deputado Carlos Veras. Ainda no evento marcou presença o vereador do Recife e presidente do Sindsepre, Osmar Ricardo, prestando seu apoio à nova direção Sindmetal-PE.

Na avaliação dos participantes, apesar do difícil momento que a classe trabalhadora ainda está enfrentando, com a pandemia, bem como os retrocessos do Governo Bolsonaro e a crise econômica, a nova gestão dos metalúrgicos chega para fortalecer ainda mais a luta, renovar a disposição, orientar a base, levar informações e instruir os trabalhadores e trabalhadoras no chão de fábrica. É preciso manter a união e mobilização, para juntos lutarem cada vez mais pelos direitos da categoria metalúrgica, além de construir para um sindicato forte, independente e combativo.

Por sua vez, o presidente Henrique Gomes, agradeceu aos diretores que não fazem mais parte da atual direção, mas deram a sua importante contribuição em prol dos metalúrgicos (as), e não poderia deixar de dar o seu real agradecimento. Também parabenizou aos novos diretores e ressaltou que são pessoas qualificadas para juntos defenderem, com mais força, determinação e coragem a classe trabalhadora metalúrgica.

Ao final da solenidade festiva de posse, os 60 diretores e o presidente reeleito, Henrique Gomes, reafirmaram o compromisso de luta com a categoria e afirmaram que só a luta constrói.