• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicato articula apoio das Prefeituras para prioridade dos bancários na vacinação

Para a presidenta do Sindicato, Suzi Rodrigues, a atividade bancária, considerada essencial durante a pandemia, é muitas vezes invisibilizada quando o assunto são as medidas de prevenção à Covid-19.

Publicado: 17 Abril, 2021 - 09h06

Escrito por: SEEC-PE

Bancários-PE
notice
Nas últimas duas semanas, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco vem articulando apoio dos(as) prefeitos(as) de municípios do Estado, para inclusão da categoria bancária no Plano Imunização contra a Covid-19. Após envio de ofícios, a entidade realizou reuniões com representantes de Serra Talhada e Petrolândia, que assumiram o compromisso de avaliar a viabilidade de enquadrar a categoria como grupo prioritário.

Para a presidenta do Sindicato, Suzi Rodrigues, a atividade bancária, considerada essencial durante a pandemia, é muitas vezes invisibilizada quando o assunto são as medidas de prevenção à Covid-19. A categoria, que conta com cerca de dez mil trabalhadores em Pernambuco, atende um volume expressivo de pessoas, diariamente, em locais fechados.

"Mesmo com agências superlotadas, com sobrecarga de serviço e alto risco de contaminação, os funcionários dos bancos públicos e privados não paralisaram as suas atividades, porque têm compromisso social, em especial neste momento, quando a população precisa acessar políticas públicas de distribuição de renda e o auxílio emergencial. Mas, queremos que esse empenho seja reconhecido. Por isso, cobramos a imunização da categoria bancária como prioridade para resguardar a vida desses trabalhadores, assim como para contribuir para a redução da disseminação do vírus", defende Suzi.

De acordo com a presidenta, o resultado das reuniões com os gestores municipais foi bastante positivo. "Tanto a prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), quanto o prefeito de Petrolândia, Fabiano Marques (PTB), demonstraram sensibilidade à solicitação que apresentamos. Entretanto, a escassez de vacinas tem sido o principal entrave para atendimento do pleito da categoria bancária. Isso reforça que precisamos intensificar a cobrança ao Governo Bolsonaro, que é o responsável pela aquisição em maior volume das doses", alerta.

O Sindicato enviou ofício ao Governo de Pernambuco e às Prefeituras Municipais de Recife, Arcoverde, Salgueiro, Vitória de Santo Antão, Carpina, São Lourenço da Mata, Paudalho e Lagoa de Itaenga, além das já mencionadas, Serra Talhada e Petrolândia. O documento também foi encaminhado para a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), que representa as 184 prefeituras do Estado. Em nível nacional, a Contraf-CUT também apresentou o pedido ao Ministério da Saúde.

Para fortalecer o pleito da entidade no Estado, o Sindicato lançou uma petição pública em defesa da inclusão da categoria como grupo prioritário na vacinação contra a Covid-19. Até esta quarta-feira (14), mais de 1300 assinaturas foram coletadas.

ASSINE A PETIÇÃO PÚBLICA: https://url.gratis/dapTs