• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicato visita agências da Caixa para fiscalizar condições de trabalho

Bancários estiveram nas agências Marco Freire, Olinda, Janga, Abreu e Lima, Igarassu e Pau

Publicado: 23 Fevereiro, 2017 - 14h28

Escrito por: SEECPE

No primeiro sábado (19) de atendimento extraordinário da Caixa Econômica Federal em função da liberação das contas inativas do FGTS, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco visitou seis agências da Região Metropolitana do Recife para verificar as condições de trabalho e fiscalizar se o direito à opção de não realizar horas extras está sendo respeitado.

O esquema especial de atendimento foi montando pelo Caixa com base na estimativa de que 10 milhões de pessoas passarão pelo banco para retirar os valores liberados pelo governo federal das contas inativas do FGTS. O Sindicato esteve presente nas agências Marco Freire, Olinda, Janga, Abreu e Lima, Igarassu e Paulista.

De acordo com a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, durante as visitas foi constatado que os empregados que estavam trabalhando tinham se colocado à disposição voluntariamente. "Enquanto Sindicato, somos contrários a realização de horas extras, porque apesar de aliviar as finanças dos empregados, coloca em risco a saúde deles e desestimula o banco a fazer novas contratações que são necessárias", afirma.

O aumento da carga de trabalho na Caixa ocorre, de forma contraditória, no mesmo momento em que o banco anuncia um Plano de Demissão Voluntária Extraordinária (PDVE). "Os empregados da Caixa já estão sobrecarregados e a situação vai piorar ainda mais com o corte de pessoal", avalia Suzineide.

Nesse momento, além da dinâmica de trabalho, é importante ressaltar também que ameaças pesam sobre a manutenção da gestão do FGTS e de parte do FAT. "Este é o momento ideal para convencermos a população da importância social da Caixa, porque o compromisso dos empregados com a sociedade está em evidência. Neste ano, o Sindicato já retomou a campanha em defesa das empresas públicas e conta com o envolvimento da categoria", afirma.

Ainda em relação às horas extras, a Caixa comunicou que todas serão remuneradas. O Sindicato permanecerá vigilante e à disposição dos bancários para esclarecimentos e recebimento de denúncias.

Fonte: SEECPE
carregando