• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindsep convoca seus filiados, que mudaram de endereço, para atualizar cadastro

Alguns dos servidores estão com seus endereços e telefones desatualizados e estão deixando de receber os comunicados do Sindicato referentes a ações jurídicas

Publicado: 06 Dezembro, 2018 - 12h26 | Última modificação: 06 Dezembro, 2018 - 12h30

Escrito por: Ascom Sindsep-PE

Sindsep-pe
notice

O Sindsep-PE convoca todos os servidores públicos federais de Pernambuco filiados à entidade, que se mudaram nos últimos anos, para atualizar o seu cadastro junto à Secretaria de Sindicalização. Alguns dos servidores estão com seus endereços e telefones desatualizados e estão deixando de receber os comunicados do Sindicato referentes a ações jurídicas. 

Correspondências estão sendo encaminhadas para os endereços que constam no cadastro do Sindicato, mas determinado número de filiados não tem dado retorno. Os contatos telefônicos, por vezes, também não dão resultado. Para realizar a atualização em seu cadastro, o servidor deve telefonar para o (081) 3131-6350 e pedir para falar com a Secretaria de Sindicalização. O filiado também pode enviar um e-mail para sindicalização@sindsep-pe.com.br ou comparecer à sede do Sindicato.

Está com o cadastro atualizado é fazer parte do dia a dia do sindicato e ter a certeza de que está sendo assistido e protegido pela entidade. É através da atuação política do sindicato,  que os servidores são representados junto ao Executivo federal e, muitas vezes, avançam nas conquistas. Portanto, os servidores federais que ainda não são filiados devem comparecer à sede do Sindsep para preencher a ficha cadastral ou, se preferir, pode acessar o endereço eletrônico www.sindsep-pe.com.br/sindicalize-se, imprimir a ficha de filiação, preencher e levar ao Sindicato.    

O Sindsep tem obtido vitórias em diversas ações que beneficiam seus filiados, mas uma parcela deles não tem comparecido aos bancos para retirar o dinheiro, justamente pela impossibilidade de comunicação com a entidade sindical. É preciso esclarecer que o sindicato notifica todos os filiados sobre a liberação dos processos. Mas, com os dados cadastrais desatualizados, há um grande risco de os valores depositados nos bancos retornarem à União sem que o beneficiário tenha conhecimento do pagamento.

Isso porque, em julho de 2017, o governo Temer editou a Lei 13.463/17, que determina o recolhimento de saldos de ações judiciais a receber em precatórios ou Requisições de Pequeno Valor (RPVs), caso o beneficiário não recolha o valor num prazo de dois anos. Então, mensalmente ocorrem estornos. E, no caso de estornos, para que o recurso seja liberado, o Sindsep tem que entrar com uma petição na Justiça e o filiado entra novamente na fila de espera.

carregando
carregando